Reuters – A estratégia de conceder terras à Rússia com intenção de encerrar o conflito sairia pela culatra, já que os russos reagiriam com mais força após qualquer interrupção nos combates, disse Mykhailo Podolyak, conselheiro de Volodymyr Zelensky que está liderando as negociações com Moscou.

O principal negociador da Ucrânia descartou qualquer acordo de cessar-fogo no qual a capital Kyiv cede território à Rússia, ou permite que as tropas russas permaneçam em suas terras.

“A guerra não vai parar. Será apenas colocado em pausa por algum tempo”, disse Podolyak em entrevista à Reuters no escritório presidencial.

“Eles vão começar uma nova ofensiva, ainda mais sangrenta e em grande escala.”

Um ministro do Kremlin disse hoje que as sanções contra a Rússia por sua invasão da Ucrânia causaram sérios problemas logísticos no país.

Vitaly Savelyev, ministro dos Transportes da Rússia, disse que Moscou foi forçada a procurar novos corredores comerciais, já que as sanções atingiram sua operação na rota de transporte padrão para parceiros asiáticos.

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia alertou que as sanções ocidentais seriam desestabilizadoras para a economia mundial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.